17 de maio de 2006

Hoje vou dormir..
com a palavra não dita
com o sorriso não dado
com o charme não lançado
com meu perfume lavado...
Aquele perfume que você gosta
e que sempre guardo...
Hoje, e peço para que não seja sempre
e nem seja nunca
durmo sem você!!!

10 de maio de 2006

me ver criança...linda...e ainda com tantos sonhos
ver meu coração...repleto de amor,
me ver...me olhar..
a viagem mais longa
foi a que fiz, naquele dia
para dentro de mim....

2 de maio de 2006

"Te esperei
Vinte e quatro horas ou mais
De cada dia que eu vivi
Te esperei
Mais de sete dias por semana
Sem um só dia te trair
Te esperei
Te esperei mais de nove meses
Sem poder parir
Te esperei
Te esperei mais de doze vezes
Doze meses
E te esperava
Até um novo século surgir
Te esperei
Vinte marços
E mais fevereiros
Eu te esperei
E espero ainda
Nos campos
Nos mares
E nas avenidas
Nesse novo janeiro
Quero te dar boas vindas"

...enquanto você atende o telefone...

e no meio de tudo isso...
bom mesmo é saber que te falta, as minhas palavras
aquelas que cabem minha alma...
meu suspiro de amor e de não amor...
meu perfume quando acordo, no travesseiro...
Palavras...que me cabem tão bem
e que nem sempre me calam
essa minha urgência
essa minha mocidade
essa minha impermanência
de ser...de ser como minhas palavras...
eternas e transitórias...
e que bom, se a ti elas falam... a minha falta.