29 de agosto de 2008

Quando me lembro de você
e isso acontece com frequência...
Lembro-me daquela menina.
Que iria contigo
aonde fosse...
Com uma leveza
nunca mais encontrada.

Sairia pela cidade a noite,
de madrugada...
Com a roupa do corpo
e a paixão por você.
É, o tempo passa muito depressa,
Me parece tão distante agora...
E pensar que todos aqueles sonhos
eram meus.

Sempre me lembro de você
com encantamento.
Como algo tão perfeito
que realmente não poderia existir.

Você não sabe
Mas, aquela menina...se perdeu
nas verdades "inventadas" da vida.
Posso confessar?
prefiro a minha verdade,
como aquela...
que sairia, no meio da noite,
só para te encontrar.

Para você, os meus sonhos
De dias perfeitos.
E os mais belos dias...
enquanto eu sonhava com a sua chegada...

15 de fevereiro de 2008

Feliz como nunca antes...
tão simples
vejo-me duvidar
existe mesmo tudo isso em mim
Me olho
me toco
e mais uma vez para acreditar
Sonho?
Dias de chuvas, calmaria
Dias de sol, sombra...
Dia a dia me descubro
e constato
de fato
simples é ser feliz...