18 de abril de 2007

Eu já esqueci você
Eu tento crer
Mas não posso te ver
Tudo volta
seu nome
seu rosto
seu gosto
sua cama
Eu já esqueci você
Tento crer
mas a carne da sua boca
faz-me enlouquecer
Nunca digo não e nunca dizes sim
Sei o que queres
Mas eu vou...
Em busca de algo mais
Carinhos, olhos, saliva, paz?
e você depois de tudo diz:
- Adeus! Agora nunca mais.

8 de abril de 2007


Inquieta


Você,
me pede pra esperar

eu me sento
e conto até 10.


Você,
me pede pra esperar

eu me deito
e conto até 100.

Você,
me pede pra esperar
eu me banho
e conto até a água secar.


Você,
me pede pra esperar

e eu digo, claro
até o dia clarear
.