9 de setembro de 2007

Senhoras e senhores
pasmem
ele realmente existe
surgiu como se saído de um sonho meu
desses bem malucos
Tem o sorriso ainda mais lindo que o imaginado
o sorriso, mero detalhe
naquela boca, macia, suave, quente.
Sabe os olhos, que eu imaginava como me olhariam?
me olharam tantas e tantas vezes,
me desnorteando
me olhou de tão perto...
enxergou minha alma.
Noite fria, confesso.
o cobertor...molhado...
orvalho.
Mas ele me toca, e tudo para.
No céu da Esplanada....
só existe o silêncio
os seus olhos e os meus
nada constrangedor
e depois, o elevador....
quem diria,
Ele existe.