29 de janeiro de 2011

29

Quanto tempo alguém pode esperar sem se perder?
Me perguntei isso mais de vinte nove vezes
mais ou menos 72 meses, 2160 dias...e muitas, muitas horas,
Antes de rever seus olhos e o sorriso que eu só imaginava.
Ter você ali, tão perto...tão completo...tão esperado!
Foi difícil conter o impulso de me jogar.
Segurar o toque e as palavras guardadas, não ditas,
Ter que suportar o fato do mundo continuar girando.
Deitar no seu colo e sentir seu coração,
Seu toque suave,
Seus olhos me fotografando em macro.
A impressão que tive... sempre estive ali
É você onde eu queria estar.

17 de janeiro de 2011

Summer 78


É que eu só enxergo suas cores de perto.
Quando olho fixamente nos seus olhos
É quando eles apagam todas as suas palavras tolas
ditas ou escritas...
De longe o escuro me assalta
e o vazio toma conta de cada espaço
que eu pretenso ser meu.
Me aproximo e vejo todo o absurdo
dessa história sem começo, recomeço
Sem fim no meio..
E me restou a boca amarga
depois de todo meu doce derramado
Alheio ao seu anseio.